Praticando a Presença de Deus



permanecei em mim, e eu permanecerei em vós. João 15.4

É possível permanecer na Presença de Jesus, em uma comunhão íntima e profunda 24h por dia?


É possível desempenhar as atividades diárias e ainda assim permanecer em Jesus?


Como orar o tempo todo no Espírito e trabalhar, cuidar da casa etc?


Você já se perguntou isso? Ou deseja ter essa comunhão profunda com o Senhor ao longo do dia?


Então, vamos lá! Leia o restante do post e veja como é possível.


Em João 15.4, somos instruídos a permanecermos no Senhor. Este verbo aparece 12 vezes no capítulo 15 do evangelho de João. Permanecer no grego significa habitar, continuar, morar. Isso nos fala de comunhão. Jesus nos fala que somos ramos presos a Ele, Videira Verdadeira. Isso aponta para conexão.


Quando falamos de praticar a Presença de Deus, nos referimos a algo além de estarmos com o Senhor apenas nos momentos devocionais ou nos cultos da igreja, que são importantíssimos para o nosso fortalecimento espiritual. Me refiro a uma comunhão íntima, a um diálogo ininterrupto, um relacionamento contínuo, a uma consciência constante de Sua Presença.


Mas, Pra. Dani, como é possível isso?


Simples, a cada momento volte sua mente para Ele. Deixe que Ele seja os seus pensamentos. Traga à sua mente cânticos de louvor a Ele. Estabeleça conversas internas com o Seu melhor amigo. Pensamentos são diálogos que mantemos conosco. Mude o seu interlocutor, volte-se para Ele. ao invés de conversar consigesmo, fale com Ele. A cada minuto, pense Nele. E não falo em um sentido figurado. É a cada minuto mesmo. Converse com Ele. Peça o conselho Dele. Abra o seu coração para Ele. Volte-se para Ele. Diga ao Senhor: “Tu és o meu amado”, “Eu te amo, Senhor”, “Tu és a minha vida”, “Tu és o meu pensamento”. Enquanto caminha, trabalha, cozinha, lava roupa, cuida de seus filhos, estuda, exerce o seu ministério, escolhe sua roupa para o dia ou o que quer que faça, O inclua em suas atividades. Está lendo um livro? Converse constantemente com o Senhor sobre o que está lendo. Compartilhe com Ele todos os seus momentos. Permita que Ele faça parte da Sua vida na prática, diariamente, a todo o momento. Que Ele seja o seu primeiro pensamento ao acordar e o último antes de dormir. Isso é permanecer em Jesus. E esta é a base de operação do ministério profético: intimidade com Deus.


Ocupe a sua mente meditando Nele e verá como a qualidade de seus pensamentos melhorará. Você verá ideias, criatividade e estratégias fluindo. Não terá tanto espaço para pensamentos nocivos, se Sua mente estiver inundada pela Presença do Senhor. E quando pensamentos ruins surgirem, diga: “Senhor, estes pensamentos não são adequados a Ti. Levo cada um deles cativo à obediência a Ti, Senhor. Renova a minha mente com a Sua Presença”. Um outro benefício desta prática é o desenvolvimento da habilidade de ouvir a voz de Deus. Quanto mais na Presença, mais aguçada se torna a nossa capacidade de discernir e reconhecer a voz do Amado de nossa alma.


Mas, para isso, é preciso disciplina. Sim, DISCIPLINA. Ser intencional. Temos que abandonar a passividade e esperar que, sem que façamos nada, simplesmente cresçamos em nosso relacionamento com o Senhor. Devemos a mentalidade passiva, que espera que Deus faça tudo. DEus nos ama incodicionalmente sim, mas proximidade, intimidade, desfrutam àqueles que buscam. Todo relacionamento é uma via de mão dupla. Precisamos investir tempo para sermos amigos íntimos de Deus. Para praticar a Presença, crescer em intimidade com o Senhor é necessário força de vontade, perseverança, mesmo que inicialmente você tenha dificuldade. À medida que persevera, vencerá os desafios, distrações e ficará mais fácil. Isso acontece com todo novo hábito que é estabelecido. Lembre-se sem Ele nós nada podemos fazer. Você não estará sozinho, seu Melhor Amigo estará contigo!


Pensai nas coisas lá do alto, não nas que são aqui da terra; Colossenses 3.2


9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo